Big Bang Boom (2012)

Michelle Moura | BIG Bang Boom | performance topográfica, 280 metros de papel | Museu do Café. Bienal Sesc de Dança, Santos, 2013 © Carolina Moraes

Museu do Café. Bienal Sesc de Dança, Santos, 2013 © Carolina Moraes

BIG BANG BOOM diz que todas as coisas são corpos. Alguns corpos são animados, como o de gente e o de bicho. E outros são inanimados, como o chão, a casa e até a árvore. BIG BANG BOOM diz que um corpo sempre transforma outro corpo. E é sempre um corpo que cria outro corpo. Criação de alguns, pela destruição de outros!?!? Porém, tudo depende da posição que estamos: árvore destruída fui, papel criado sou. Chão destruído fui, casa criada sou. Mesmo com esse nome tolo, BIG BANG BOOM pede pra criar e destruir mais devagar. Por mais intenso que seja prosseguir viagem em paisagens descartáveis, este « vício por proliferação de mundos » tem me feito desencarnar de mim. BIG BANG BOOM é uma manifestação, uma perturbação, uma intensificação perceptiva do tempo e do espaço.

BIG BANG BOOM says that a body always transforms the other. And it is always a body that creates another body. Creation of some through the destruction of others! But everything depends on the position in which we are: created paper I am, ruined tree have I been. Created house I am, destroyed plot have I been. Even with a silly title as that, BIG BANG BOOM asks for slower creating and destroying. Even though traveling on disposable landscapes can be an intense pursue, this “addiction for the proliferation of worlds” has made me disembody from myself. BIG BANG BOOM is a manifestation, a disruption, a perceptive intensification of space and time.

Criação: Michelle Moura
Com: Karenina de los Santos, Bruna Spoladore e Ana Beatriz Figueiredo.
Colaboradores na criação: Karenina de los Santos, Elisabete Finger, Emilie Combet, Meri Otoshi.
Produção: Wellington Guitti e Cândida Monte
Som: Vadeco
Co-produção: Festival Panorama 2012 no âmbito da Convocatória Festival Panorama 2012/Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Patrocínio: Funarte/Secretaria Estadual de Cultura/Funarj.
Apoio á criação: Fórum Dança e Rumo do Fumo, Residência no Edifício, Lisboa. Parte do processo desta criação foi realizado no Essais, Centre National de Danse Contemporaine d’Angers/FR, sob a direção artística de Emmanuelle Huynh.
Agradecimentos: Jennifer Lacey, Nuno Bizarro, Raissa Kim, Agnieszka Ryszkiewicz, Marcela Santander, Lina Lagaîté, Nicolas Diaz.
Duração: 40 minutos

Michelle Moura | BIG Bang Boom | performance topográfica, 280 metros de papel | Sesc Belenzinho, São Paulo, 2014.

BIG BANG BOOM Sesc Belenzinho2

.:.                                                                                   

SHOWS

2014 – Festival de Inverno Sesc, Petrópolis, RJ.
2014 – Festival de Inverno Sesc, Quitandinha, RJ
2014 – Regionais de Curitiba, 8 apresentações em escolas da Regionais de Santa Felicidade e Boa Vista.
2014 – Sesc Palladium, Belo Horizonte, MG.
2014 – Sesc Belenzinho, São Paulo, SP.
2014 – Sesc Sorocaba, São Paulo.
2013 – Bienal Sesc de Dança, Santos, SP.
2013 – FIAC Festival Internacional de Artes Cências, Salvador, Bahia.
2013 – Festival de Inverno. Sesc Araraquara, SP.
2013 – Sesc Ipiranga, São Paulo.
2013 – Sesc Pompéia, São Paulo.
2012 – Festival Panorama, Parque Lage, Rio de Janeiro.

.:.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

More Projects