Cavalo (2010)

Cavalo_MichelleMoura_1

 

CAVALO é a ambigüidade de quem move quem, o cavalo que move o cavaleiro, o cavalo que é movido pelo cavaleiro. Através de alterações no padrão respiratório, projeções mentais e a deformação da voz, ela é levada a mover-se em um espaço de alucinações e revela um corpo matéria atravessado por
energias e pulsações distintas. Ela tem como meta abandonar por minutos a linguagem segura do dia-a-dia, ultrapassar a porta que dá acesso a realidades maleáveis, e transitar entre a instabilidade de estados físicos e emocionais. Ela pode ser patética, decadente, histérica, no fim, o que a move é uma falta. CAVALO é sombrio, (neo) expressionista,“noise”, hipnótico.

CAVALO (HORSE) is the ambiguity of “who moves whom”, the horse which makes the horseman move, or the horse that is moved by the horseman. Through changes in breathing patterns, amplification and distortion of the voice, she is compelled to move into an area of hallucinations and reveals a corporeal body crossed by energies and distinct pulses. Her goal is to be abandoned for some minutes, the safe language of the day by day, overcome the door that gives access to malleable realities and moves between the instability of physical and emotional states. She can be pathetic, decadent, hysterical, energetic, in the end, she is moved by an absence. The ambience of CAVALO (HORSE) is somber, (neo) expressionistic, “noise”, hypnotic.

Performance: Michelle Moura
Design de som: Rodrigo Lemos
Design de luz e operação: Fábia Regina
Maquiagem: Aurélio Dominoni
Produção: Wellington Guitti
Agradecimentos: Gustavo Bitencourt, Elisabete Finger, Jennifer Lacey, Agnieszka Ryskiewicz, Renata Moura, Raphaëlle Latini.
Apoio: Centre National de Danse Contemporaine de Angers, direção de Emmanuelle Huynh, Ménagerie de Verre dans le cadre de Studiolab, Programme de résidences internationales Ville de Paris/Institute Français aux Récollets.
Um projeto: Couve-Flor Minicomunidade Artística Mundial
Duração: 20 minutos.
Esta criação faz parte do projeto “6 por ½ dúzia” contemplado pelo prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2009.

Cavalo_MichelleMoura_2

\\\

SHOWS

2013, Caxias em Dança, Caxias do Sul/RS.
2012, Outras Danças: Brasil, Uruguay, Argentina. Porto Alegre/RS.
2012, Modos de Existir. Sesc Santo Amaro, São Paulo/SP.
2012, Mostra Contemporânea do Festival de Dança de Joinville/SC.
2012, Bienal Internacional de Dança de Curitiba, Curitiba/PR.
2011, Festival Contemporâneo de Dança, São Paulo/SP.
2011, FID – Festival Internacional de Dança, Belo Horizonte/MG.
2011, Bienal SESC de Dança, Santos/SP.
2011, Schools, Centre National de Danse Contemporaine, Angers/FR.
2011, Interações Florestais, Terra Una. Versão espaço aberto. Liberdade/BR.
2010, Encontro Terceira Margem. De Par em Par, Bienal Internacional de Dança do Ceará, Fortaleza/BR.
2010, “6 por ½ dúzia“ (estréia),  Couve-Flor. TUC, Curitiba/BR.

\\\

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

More Projects